Até quando a correria do mundo vai destruir a nossa humanidade?

Não temos mais tempo. Não pensamos em mais nada além de um sucesso distinto, que muitas vezes só faz sentido em nossas mentes, enquanto o tempo passa e esquecemos de saudar o que temos de mais precioso, que é o hoje, o agora.

A vida tem passado tão depressa, que paramos de dar valor aos momentos que vivemos, e passamos a enxergar apenas os números que atingimos. Desde contas bancárias, até as curtidas nas redes sociais.

Temos sido tão volúveis, que nos esquecemos de sentir e até mesmo amar o que está à nossa volta.

Estamos deixando de ser os protagonistas das nossas próprias vidas, estamos sentados na encosta, esperando algo que talvez não chegue, enquanto o maior espetáculo de todos passa diante aos nossos olhos, e deixamos passar batido. Nossas vidas.

Pensemos nisso. Lembremos daquele velho clichê, mas verídico… estamos vivendo ou apenas existindo?

Por Vanessa Lisboa

Foto: Kevin Laminto

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *