Um dia você vai olhar para trás e perceber o quão longe você chegou

Um dia você vai acordar e seu coração não vai sair do seu peito por todos os motivos errados. Um dia você vai preparar o café da manhã para a sua música favorita e não vai sentir que as paredes estão se aproximando de você. Um dia você vai se olhar no espelho e não vai reconhecer a pessoa olhando para você, porque você mudou. Você mudou, e essa é a maior realidade de seguir em frente; esse é o incrível resultado de sobreviver às partes mais difíceis de sua jornada.

E sim, às vezes a vida vai chutar seus dentes. Às vezes isso vai confundir você, às vezes nada fará sentido, e tudo ficará confuso. Mas você vai aprender. Você vai lutar com unhas e dentes e vai crescer. Lenta mas seguramente, você vai crescer.

Você vai encontrar seu pessoal. Você vai ficar acordado até às 5 da manhã de uma terça-feira aleatória e falar sobre o seu passado com alguém que o animará. Você pode até se apaixonar. Você vai a concertos que tocam a verdade através dos seus ossos e faz você se sentir como se suas células estivessem vibrando. Você vai parar e olhar para o oceano e você vai se sentir tão pequena, mas tão grande, e finalmente vai finalmente sentir que as coisas estão se encaixando. Você vai ficar comovido pela sua vida. Você vai sentir tudo de uma vez – você vai se sentir completo.

Confie em mim quando digo que um dia ele vai te atingir – que você acordou feliz, que está sorrindo sem motivo, que suas mãos não estão mais tremendo. Um dia, você vai lembrar como foi ser você um ano atrás, ou três anos atrás, ou até uma semana atrás, e você ficará tão feliz que tenha lutado. Você vai ficar tão feliz que você continuará.

Por Bianca Sparacino

Texto originalmente publicado no Thought Catalog, livremente traduzido e adaptado pela equipe do site Um Girassol Sem Sol.

Foto: Priscilla Du Preez

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *